Andy Murray promete não desistir depois de as perguntas sobre o futuro se multiplicarem após a derrota de Paire: "Manchar o meu legado? Faz-me um favor"

Andy Murray sofreu o seu último revés com a derrota para Benoit Paire no Open Sud de France Montpellier, com o francês a conseguir a sua primeira vitória em 18 meses na principal prova da ATP Tour, por 2-6, 7-6 e 6-3, enquanto o antigo número 1 do mundo continua a ter dúvidas quanto ao seu futuro no ténis.

Mas, na terça-feira à noite, respondeu aos críticos e àqueles que dizem que está a manchar o seu legado ao continuar sem ganhar nada até agora nesta época no ATP Tour. Disse que não vai desistir e que vai continuar a lutar para produzir aquilo de que é capaz.

No seu tweet, disse que a maioria das pessoas desistiria na sua situação atual, mas ele não é assim. Murray fez um esforço heroico para regressar ao ATP Tour depois de ter sido submetido a uma operação de resurfacing da anca, o que salvou a sua carreira e lhe permitiu continuar quando parecia que a reforma estava iminente;

No entanto, após a sua última derrota, foi vaiado ao ser derrotado por Paire, que tem trabalhado principalmente no Challenger Tour desde o seu declínio, e foram escritos artigos a perguntar se era o fim, ao que Murray deu uma resposta desafiante, admitindo que sabe que não está num bom momento, mas prometeu corrigir a situação.

"A manchar o meu legado? Faz-me um favor. Estou num momento terrível neste momento, tenho de admitir. A maioria das pessoas desistiria e abandonaria na minha situação atual. Mas eu não sou a maioria das pessoas e a minha mente funciona de forma diferente. Não vou desistir. Vou continuar a lutar e a trabalhar para produzir os desempenhos de que sei que sou capaz", escreveu Murray no X, anteriormente conhecido como Twitter.

Place comments

666

0 Comments

More comments

You are currently seeing only the comments you are notified about, if you want to see all comments from this post, click the button below.

Show all comments