Danielle Collins continua imbatível e não dá qualquer hipótese a Paula Badosa no Charleston Open

Paula Badosa tinha a difícil tarefa de começar a sua carreira no Charleston Open contra uma das jogadoras mais em forma do momento, se não a mais em forma, Danielle Collins. A americana vem de destruir as adversárias que lhe foram colocadas à frente no Miami Open, e mostrou que a mudança do hard court para o saibro não a afectou em nada.

Collins fez o mesmo com Badosa, três dias depois de ter vencido em Miami. A nova número 22 do mundo venceu o espanhol por 6-1 e 6-4.

O primeiro set foi uma montanha-russa americana. Começou com 4-0, até que Badosa ganhou o seu primeiro jogo, curiosamente aos restantes. Teve de trabalhar até três vezes para quebrar o serviço de Collins, mas finalmente conseguiu. No entanto, não lhe serviu de muito porque, no jogo seguinte, Collins devolveu a quebra e selou o jogo com o seu serviço para fechar o set por 6-1.

Badosa melhorou no segundo set, embora não o tenha vencido. O início foi um copiar e colar do primeiro, com um 3-0 para Collins no início. No entanto, Badosa recuperou um dos dois breaks perdidos e não perdeu o seu serviço na partida. Mas Collins estava um ponto à frente e fechou novamente no serviço para vencer por 6-4.

A americana vai agora defrontar Ons Jabeur, segunda cabeça de série do torneio, na segunda ronda.

Place comments

666

0 Comments

More comments

You are currently seeing only the comments you are notified about, if you want to see all comments from this post, click the button below.

Show all comments