Katie Boulter elogia a inspiração de Andy Murray e diz que ele se deve reformar segundo as suas próprias condições: "Ele é o maior lutador"

Katie Boulter elogiou Andy Murray por ser o "maior lutador", depois de o escocês ter revelado que poderá não jogar muito na segunda metade do ano.

Murray declarou no Dubai que "provavelmente não vai jogar depois deste verão", depois de ter admitido que está cansado de ter de responder a perguntas sobre o seu futuro.

Boulter falou sobre a sua admiração pelo espírito de luta do antigo n.º 1 do mundo e considerou-o uma inspiração para o ténis britânico.

"Sim, quer dizer, o Andy Murray é o Andy Murray, não é? É o maior lutador, o maior amante do ténis, conhece os seus atributos...", disse ela. "Eu podia continuar durante muito tempo.

"Ele inspirou muitos jogadores, especialmente no nosso país, e eu próprio, sem dúvida. Adoro vê-lo em campo".

Sobre a potencial reforma de Murray em 2024, Boulter acredita que o jogador de 36 anos ganhou o direito de se reformar nos seus próprios termos, acrescentando: "Mesmo o facto de ele estar lá fora agora e ainda estar a jogar... Penso que o mais importante é que ele esteja a divertir-se e a conseguir o que quer do desporto,

"Quando ele se reformar, penso que será segundo as suas condições e o que ele realmente quer fazer, mas posso falar por muitas pessoas quando dizem que adoraram vê-lo jogar. Eu certamente adorei".

Boulter está a competir no Open de San Diego, onde passou aos quartos de final depois de vencer Lesia Tsurenko e Beatriz Haddad Maia na Califórnia.

Place comments

666

0 Comments

More comments

You are currently seeing only the comments you are notified about, if you want to see all comments from this post, click the button below.

Show all comments