Emma Raducanu após a derrota esmagadora contra Jabeur: "Um jogo que, pessoalmente, preciso de esquecer"

Emma Raducanu foi facilmente derrotada por Ons Jabeur no Open de Abu Dhabi, que esteve encantadora na vitória por 6-4 e 6-1 sobre a antiga campeã do US Open que produziu 35 winners na sua melhor exibição desde Flushing Meadows no ano passado.

Jabeur vai agora defrontar Beatriz Haddad Maia nos quartos de final, enquanto para Raducanu o importante é seguir para Doha, mas não sem reconhecer o mérito da adversária. Mas entre os elogios, Raducanu admitiu que quer muito esquecer a derrota e seguir em frente.

"Foi um jogo difícil. A Ons é uma adversária difícil, por isso o mérito é dela, que jogou muito bem e é apenas um jogo que, pessoalmente, preciso de esquecer", disse Raducanu após o encontro.

"É uma grande adversária, tem uma habilidade manual fantástica, dificulta-nos a vida no campo, especialmente com as bolas, que são muito pesadas. As suas capacidades defensivas são excelentes e penso que é algo em que também posso melhorar."

A própria Jabeur também teve algumas palavras amáveis para Raducanu depois de selar a vitória. "Ela não me facilitou a vida. A Emma é uma jogadora espetacular. Desejo-lhe tudo de bom. Sei que ela pode jogar muito melhor. Sou um grande fã dela. Estou ansiosa por a ver ganhar mais jogos. Não contra mim, mas contra outras jogadoras".

Place comments

666

0 Comments

More comments

You are currently seeing only the comments you are notified about, if you want to see all comments from this post, click the button below.

Show all comments